.

.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Depoimento (4) - Anderson dos Santos Pires


Voltar para pagina Geral dos Depoimentos [Clique Aqui]

- “Quem quer que se esqueça do passado está fadado a repeti-lo...” (constatação de todos os que realizam o ‘Salto’)

- “Quem é o mais sábio, oh oráculo? (pergunta Sócrates) - Tu é o mais sábio, já lhe disse... (responde o oráculo) - Só sei que nada sei! (responde Sócrates) - Disse bem Sócrates! Dentre todos que vêm aqui é o primeiro que tem noção de que não sabe nada. Antes de nascer tua memória foi reiniciada, e teu roteiro programado. Enganado você foi, repetidamente… Lembra-te de quem tu é, e entenderá o que faz aqui, o que é aqui. E para onde está indo...”

Anderson dos Santos Pires
(Professor de História - Licenciado pela Universidade Bandeirantes de São Paulo - Servidor Publico Estadual)
Domínios Públicos de Anderson:

FaceBook: [Clique Aqui] - Fotolog: [Clique Aqui] - Canal no Youtube: [Clique Aqui]

Ficha: Anderson Pires, Professor da rede Municipal de Taboão da Serra - Trabalho com ensino fundamental Ciclo 1 e também educação especial. Servidor público há 10 anos - Licenciado em História pela Universidade Bandeirantes de São Paulo - Pedagogia pelo Centro Universitário Internacional - Curitiba PR - 28 anos (no ano de 2017).

Por Anderson:

- O Salto Quântico Genético realizado por Bruno Guerreiro de Moraes, é uma experiência acima de tudo realista e realizadora, trata-se de um processo explicitamente credibilizado. Passei pelo processo em meados de Dezembro de 2006, e posso dizer que nunca estive tão sábio de minhas memórias de vidas passadas, (deixo claro desde já que estive sempre lúcido e ciente de minhas faculdades mentais)* (Nota: Como explicado na apostila informativa Completa, a pessoa submetida a iniciação fica completamente lúcida, podendo parar o processo e depois retomá-lo quando quiser. É a essa lucidez a qual ele se refere). O processo é relaxante em seu inicio, com a abertura dos CHAKRAS, a partir daí tive o mais claro possível acesso às minhas memórias de encarnações passadas. Na primeira memória que apareceu, me vi como uma francesa de uns 15 para 16 anos, bonita e de origem humilde que por alguma razão (não investigada/aprofundada na ocasião**) (Nota: No dia dessa sessão nós (eu e o referido iniciado) não investigamos mais os detalhes dessa memória, isso por que rapidamente cenas mais importantes apareceram, investigaríamos mais do assunto em futuras sessões, porém o iniciado não quis mais fazer a pratica, as razões para a decisão de não mais praticar ele quer deixar sob sigilo) foi parar num navio. Ali nesse Navio fui violentamente estuprada, enxergando vidros quebrados no chão, o que indica uma luta, pelo jeito há indícios que resisti ao estupro, o agressor deve ter ficado com raiva e então matou-me, acho que em algum momento caí num lugar que tinha vidros, e cortei-me, a memória precisava ser mais bem investigada para ter mais detalhes*** (Nota: Como dito acima, não tive a oportunidade de prosseguir com o processo dele, por decisão do próprio iniciado).

O corpo morto foi colocado num Baú, e jogado no Mar. Não consegui ver como era o agressor, apenas via os olhos dele que eram azuis, todo o restante do corpo estava coberto por uma fumaça cinza****. (Nota: Esse fenômeno é um mecanismo de defesa que a SupraConsciência usa para não permitir que seu “Elemental”(Você aqui na Terra) ver mais do que pode suportar, o que dá muita segurança ao processo, já que na verdade (como dito na apostila informativa) quem realmente conduz o processo depois de desbloqueado é a SupraConsciência, ela sempre sabe o que é melhor para seu “Eu Elemental”Bruno atribuí esse fenômeno a uma obstrução mental provinda da minha SupraConsciência, já que minha falta de maturidade serviu de bloqueio a essa resposta contundente, na qual de certa forma prejudicaria o meu presente***** (Nota: De fato pela gravidade da memória, poucos estão realmente preparados para saber de toda a verdade sem se perturbar com ela. Nesses casos assim como aconteceu com ele a SupraConsciência vai omitir as informações até que seu “Eu Elemental” esteja suficientemente maduro para lidar com a dura realidade e triste realidade).

A data dessa ocorrência foi no ano de 1705. A segunda (que despertou após fazer o desbloqueio) vivi como um grego, que se suicidou por conta do desprezo por todos os amigos e familiares, os motivos ainda são obscuros****** (Nota: Como já dito, para esclarecer mais ele teria que fazer mais a pratica do processo, mas esse se nega a prosseguir com o auto-tratamento) porém creio que traições e desprezo com excessivas mágoas levaram-me a esse fim...

A data dessa vida pelo que me lembro era numa época no inicio do domínio Romano, a anexação da região das penínsulas balcânicas, morri tomando veneno. Na terceira e última vivi como uma mulher que trabalhava na industria têxtil de Nova York em 1857, sem muitos registros devido a uma interferência na qual enxergava uma palavra, algo como “Melchezedek”, que conseqüentemente revelava um implante no fígado que segundo a explicação de minha SupraConsciência impede ou dificulta a ativação de minhas memórias de vidas passadas******* (Nota: Um empecilho que poderia já ter sido resolvido, caso o referido iniciado prosseguisse com a Pratica do “Salto Quântico Genético”).

Enfim recomendo o processo, por se tratar de revelações realistas. Mesmo tendo encarnações não muito bem sucedidas, garanto que as revelações são bastante prestigiosas, por se tratar da seriedade de como o processo é desenvolvido. Aproveito a oportunidade para agradecer ao meu amigo e agora tutor do processo Bruno Guerreiro de Moraes por sua dedicação e profissionalismo, na qual ele encara o processo como uma fonte reveladora e arbitrária. Sinto-me hoje privilegiado e ciente do passado, que talvez me auxilia a não cometer certos erros no meu cotidiano, coisa que poderia acontecer caso as memórias dos erros do passado não tivessem sido despertadas.

- Anderson dos Santos Pires (Contato com Anderson, via Youtube, Facebook, e Fotolog indicados acima, se quiser e-mail falar comigo ou com ele, o e-mail não vai ser exibido aqui por motivos já explicados na pagina Geral de Depoimentos).

[Universo,+vida+na+terra+implantada.jpg]
Muito além da Zona Limite da Ciência...

O Trabalho do Salto Quântico Genético é muito sério, toda a história do Universo está codificada em nossas células. Como podemos aceitar todas estas dúvidas? De onde viemos? Porque estamos aqui? Para onde iremos?? De sermos completamente impotentes perante a vida? De caminharmos para a morte desde que nascemos? E o pior, aceitar as explicações inescrupulosas das religiões?? A Vida nos traz perguntas e o Salto Quântico Genético as Respostas!

Notas: (estão em meio ao texto)

Voltar para pagina Geral dos Depoimentos [Clique Aqui]

Um comentário:

veracrisamig rigo disse...

0lá...gosto de ler os depoimentos. Realmente pra acessar nossas encarnações anteriores temos que aceitar sem grandes vitimizações o que fizemos de mal, se não, nossa mente bloqueia tão tristes memórias de nós mesmos. Agora estamos tendo a oportunidade da vida pra aprendermos a ser pessoas melhores, então bola pra frente orando e vigiando.