quarta-feira, 6 de maio de 2009

Depoimentos e Referencias de Pessoas que já Fizeram a "Iniciação o Salto":

Iniciação o Salto Quântico
Muito Além da Zona Limite da Ciência...

Como é natural que aconteça, em se tratando de um Curso/Terapia/Serviço, divulgado pela internet, e que tem custos, as pessoas procuram algum modo de comprovar se o que se oferece é realmente algo honesto e que dá certo, ou se trata-se de mais um golpe tão comum no mundo virtual. SCAM para quem não sabe é como são chamados os sites fraude da WEB, eles são sites que divulgam informações enganosas com a intenção de lesar ou roubar as pessoas. Esses sites divulgam fraudes, tais como esquemas de "Pirâmides" (um velho golpe do Ganhe dinheiro sem fazer esforço e fique rico) ou Correntes (é a mesma coisa) ou então sites de vendas que estão construídos para gravar as senhas do cartão de credito ou senhas que o usuário vai necessitar digitar no ato da compra (por isso só comprem se for sites conhecidos e com credibilidade).

A História Real do Cosmos ao Nosso Alcance.

Claro que estou ciente desses problemas, e logicamente as pessoas ligam ou mandam email para mim perguntando se eu possuo algum tipo de referencia, algo mais concreto que elas podem averiguar para saber se sou sério mesmo ou não. Logicamente que possuo essas referencias, são as pessoas que já fizeram a iniciação comigo e que podem dar testemunho da nossa autenticidade.


Nossa Real Identidade

Até o momento eu estava apenas enviando os endereços eletrônicos dessas referencias a quem entrava em contado comigo, mas muitos desses que, vinham ter comigo, comentavam que seria bom que eu tivesse uma pagina em meu site com depoimentos de quem já passou pela iniciação, e também algum modo de fazer contato com esses iniciados. Assim se sentiriam mais estimulados a também fazer o Seminário... Certo Concordo! E por isso mesmo já pedi as pessoas iniciadas por mim que escrevam um depoimento espontâneo sobre a sua experiência, para que então ele seja exibido na WEB para todos lerem. Claro que para ser espontâneo e confiável eu não devo fazer qualquer tipo de pagamento a essas pessoas, o depoimento tem que ser voluntário. Assim amigos(as) eu estou no aguardo que esses depoimentos sejam enviados para mim, e em breve estarão aqui em nosso site para todos lerem. [Atualização - Abaixo Vejam os Depoimentos já Enviados]:

Depoimento Especial - Provas Cientificas e Factuais - “O Salto” - Clique Aqui
Depoimento (1) - Iara Negrete, Clique Aqui
Depoimento (2) - Scheila Adriane Grade, Clique Aqui - Entrevista com a Scheila, Clique Aqui
Depoimento (3) - Tânia Valiati, Clique Aqui
Depoimento (4) - Anderson dos Santos Pires, Clique Aqui
Depoimento (5) - Altair Manfron, Clique Aqui
Depoimento (6) - Nawan Nery, Clique Aqui
Depoimento (7) - Manoel Ubiratan Vieira, Clique Aqui
Depoimento (8) - Bruno Fernando Rodrigues de Barros, Clique Aqui
Depoimento (9) - Paulo Roberto Silva, Clique Aqui
Depoimento (10) - A. M. Filho, Clique Aqui
Depoimento (11) - Claudinei C. G. Clique Aqui
Depoimento (12) - Diego Alves da Gama, Clique Aqui
Depoimento (13) -
Luís Bugia, Clique Aqui
Depoimento (14) -
Vanderlei G. do C. , Clique Aqui
Depoimento (15) - Olavo Gomes Bossois e Célia Maria Andrade Bossois, Clique Aqui
Depoimento (16) - Helaine Rondon PiresClique Aqui
Depoimento (17) - Vanessa Hoffmann PazzaClique Aqui
Depoimento (18) - Guilherme ButzkeClique Aqui
Depoimento (19) - Din. [Vulgo Fator Quântico]Clique Aqui - Entrevista com o Fator: Clique Aqui
Depoimento (20) - Amanda Roncato BatistaClique Aqui 
Depoimento (21) - João Nascimento, (Vulgo DraftL) do Site Isso é BizarroClique Aqui 
Depoimento (22) - Marcus Tadeu PasserineClique Aqui - Site do Marcus, Clique Aqui 
Depoimento (23) - Paulo OkimotoClique Aqui
Depoimento (24) - Wladimir da Costa CâmaraClique Aqui
Depoimento (25) - Rogério AlvesClique Aqui
Depoimento (26) - E.F.N.Clique Aqui
Depoimento (27) - Claudio do NascimentoClique Aqui
Depoimento (28) - Rogério Sanches BusoClique Aqui
Depoimento (29) - Entrevista Aberta com TivClique Aqui
Depoimento (30) - Eduardo BarcelosClique Aqui
Depoimento (31) - Paulo CegalaClique Aqui
epoimento (32) - Tiago Sarmento Franco AraújoClique Aqui
Site do Fator Quântico - Site de um admirador que resolveu, (por conta própria), contatar os iniciados no 'Salto', e fazer entrevistas informais, Clique Aqui


O Verdadeiro Mestre, a SupraConsciência

- Continuação do Post`s Anterior:

Mas já adiantado esse recurso, eu vou deixar um recado aqui:
 
Se você quer algum modo de confirmar com as pessoas que já fizeram a iniciação, se “isso” é real mesmo ou não, se dá certo ou não, se eu sou autêntico ou não.
 
Então por favor, mande email para:
[Fones: (19) 3517-0429 / (11) 98891-8597 (Vivo)]

Pedindo essas referencias, eu vou te responder o email com os endereços eletrônicos de mais de 80 pessoas que já fizeram a iniciação comigo e que aceitaram testemunhar a meu favor. Até a data de hoje (escrevo isso em 19/02/2014) já foram mais de 850 iniciados. Desses até a data atual foram 80 os que aceitaram se expor e servirem de referencia para mim, os outros(as), ou dizem que são muito ocupados, ou então não querem divulgar aos “4 cantos da Terra” que fizeram algo assim... tão... digamos... “estranho” em comparação com o que é geralmente aceito pela sociedade ocidental Materialista/Ateu e Cristã. Temem então a exposição publica...

Somos Deuses, ou apenas escravos dos Deuses?

Então é isso por enquanto, não vou divulgar os mais de 80 emails das pessoas aqui por que existe programas automáticos de rastreamento que “capturam” emails que estejam em sites. Assim os emails deles(as) seriam alvo de uma avalanche de Spam´s e também de hackea's, como aliás o meu foi... e ainda é, por isso fui obrigado a comprar os mais poderosos antivírus disponíveis para resolver os problemas, mas ainda assim não estou imune. E então futuramente, uma vez que faça a iniciação comigo, seu depoimento, se quiser, também estará aqui no site. Um abraço e até logo! Te Vejo no Seminário.

Eu sou: Bruno Guerreiro de Moraes, apenas alguém que faz um esforço extraordinariamente obstinado para pensar com clareza...

[Universo,+vida+na+terra+implantada.jpg]
Muito Além da Zona Limite da Ciência...





23 comentários:

Ana Luisa Kaminski disse...

Bonito o site... Gosto muito das imagens cósmicas, me fazem pensar em nossa pequenez, e na grandiosidade da Vida. Somos poeirinhas pulsantes cintilantes!... Abraços alados azuis.

JEAN disse...

REALMENTE TD ISSO MOSTRA A GRANDIOSIDADE DA VIDA E Q SOMOS APENAS GRÃOS DE AREIA PERDIDOS NO UNIVERSO.

Júnior disse...

Bem que vc poderia fazer algum video resumido sobre a aplicação do "Salto" para as pessoas terem uma idéia de como é o procedimento real.

Gilberto disse...

Olá ! Estou pesquisando o Salto Quântico para decidir se é algo que desejo. Em 2008 você já citava estar escrevendo 2 livros que juntos somam mais de mil páginas. Um deles, inclusive, quase pronto. Esses livros já estão disponíveis ?
Abraços!
Gilberto

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Gilberto infelizmente até hoje os livros não foram terminados, simplesmente por que eu parei de escrever. Tudo por que os seminários me tomam a maior parte de meu tempo.

Triste mas verdade...

Vou ver se paro de fazer seminários por alguns meses para então termina-los de vez.

Abraço.

Anônimo disse...

Bruno, Boa Noite.. gostaria que me fosse informado como posso fazer o Salto. Custo, Localetc....

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

- “Um homem famoso vive para sempre, mesmo após sua morte. Portanto qualquer pessoa que seja completamente apta e capaz de executar atos que perpetue seu bom nome e fama, e que todavia não o faça, torna-se abominável aos olhos de grandes personalidades. Uma pessoa assim não pode ser condena o suficiente... [Krsna em fala com o Rei Jarasandha – Livro de Krsna, pag. 514]

Anônimo disse...

boas
e a lei do karma nao conta nao teremos "dividas" para pagar e termos que levar um metodo de cultivo mais serio o que é que acha do falun gong ?
daniel

Anônimo disse...

oi, tudo bem
tudo isso é muito interessante; nao li tudo ainda pois sao muitas paginas, mas sabe o que é mais interessante pra mim é que tenho um problema com meu psicologico que me afeta negativamente em varias coisas da minha vida (tipo: filho, trabalho, faculdade, amizades, entre outras coisas) percebo hoje que sou quase sozinha porque tenho poucas pessoas que ainda me suportam...
entao isso tudo é muito interessante pois talvez eu possa descobrir o que tem de errado comigo...
Entao gostaria de saber como faço para fazer essa terapia para descobri as minhas vidas passadas?
abraço

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Olá anônima, me mande email, segue:

seteantigos@gmail.com

Até logo.

Fator Quântico disse...

Hohohohohoh

Como eu estou chique, hein?
Agora o meu blog tem link aqui no site do "mestre" Bruno!

Obrigado pela força e que continuemos juntos nesse trabalho enquanto houver esperança!

;D


Abração!

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

sim, aliás preciso do HTML para divulgar seu Banner no meu site. Nem colocar imagem eu consigo, já superei o limite de armazenagem de imagens.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Pessoa por email:

Na verdade, estou mto confusa agora. Não sei em quem acreditar! rs Como posso saber q vc diz a verdade? Não acho q vc seja um charlatão, mas vc não pode tb estar sendo enganado por alguma entidade?

R: Você vai saber se digo a verdade ou não, acessando por si mesma as suas verdadeiras memórias de vidas passadas. Eu não exijo "Fé" de quem vem fazer a iniciação o "Salto", nosso trabalho não precisa de "Fé" para ser levado a diante, pois é pautado na verdade, na ciência honesta. Se eu for um charlatão, só vai saber se vier no seminário.

Bruno Guerreiro de Moraes disse...

Desculpe tantas perguntas, mas tenho estudado sobre mtas coisas há mais de um ano e cheguei até vc hj. E o q vc propõe é totalmente diferente de tudo o q já li. É meio assustador.

R: Sim acredite, é mesmo diferente, por que nós procuramos seguir o método cientifico a risca, não estamos interessados em religião, mas sim na verdade. Não queremos apenas "filosofar" mas sim resultados reais, palpáveis, e não alimentar ilusões...

Anônimo disse...

Andrea Parte 1:

Olá, boa tarde.

Desculpe a demora em responder (trabalho também nos fins de semana), mas garanto que compensei com esta verdadeira "carta". ;-)
Trata-se de uma compilação de respostas dadas a outras pessoas que me escreveram anteriormente pedindo informações sobre o "Salto".
Espero que não se importe se eu apenas reenviá-la a você, mas penso que assim terá meu depoimento mais completo e atualizado, além de me economizar tempo, rsrsrs...
Olha, também vivo do suor do meu trabalho e esse seminário também fez um certo "rombo" no meu orçamento (tive que juntar economias e 13º salário pra poder dar conta de inscrição, passagens e hospedagem), mas eu faria tudo de novo se fosse preciso, rsrs. O Bruno é um cara sério mesmo, ele vive disso e para isso, e eu não o vi comer nada durante o seminário, rsrs... Super-humano acho que ele ainda não se tornou, mas diz que deve ser o objetivo de todos nós, porém saiba que o caminho é bem longo e trabalhoso, o Salto não é a garantia automática disso, é apenas a retirada do cadeado que te impede de por as mãos no controle do trem bala da nossa vida, hehehe. Daí pra frente é vc (com orientação de sua consciência superior) que vai trabalhar pra fazer seu controle manual ser mais forte que o programa automático dos "donos" dos trilhos... Não tenho msn, nem facebook (oficialmente não, rsrs, só fiz após o Salto - com outro nome- pra poder participar do grupo fechado criado pros "saltadores"), mas estou sempre à disposição para ajudar e esclarecer no que puder, só aviso que às vezes demoro um pouco pra responder, ok?
Agora, se ajeita na cadeira que o texto é longo...; P


Primeiramente, parabéns por se permitir questionar e se dispor a buscar respostas com espírito desarmado. Sei que no início, esse "choque de realidade" que a gente recebe ao ter contato com informações como as que vc deve ter lido nos sites do Bruno deixam qualquer um meio tonto, e isso aliado ao fato de ser um seminário de custo elevado, já deixa a gente desconfiada de golpe, né? =)
Olha, desde já te garanto: o Bruno existe mesmo (rsrs), é uma pessoa séria, que estuda de forma intensa e constante sobre tudo aquilo que ele informa. O seminário é real, o local existe e é bem estruturado, o processo é real, então pode ficar tranquilo nesse aspecto "pagar e receber o produto", ok? ;)
Bem, antes de começar a te responder, queria que soubesse que sempre fui uma pessoa bem "padrão", bem escrava da matrix (rsrsrs), não sou do tipo esotérica, ocultista ou coisas assim, apesar de sempre ter tido certa curiosidade sobre esses temas "misteriosos". Já terminei a faculdade faz um bom tempo (mas procuro manter o lado estudante sempre ativo), tenho um trabalho comum e sempre fui muito racional (até mais do que deveria). Apenas tinha uma certa sensibilidade (sobretudo para sentir a energia de pessoas e ambientes) e sempre fui intuitiva (como qualquer mulher normal, rsrsrs). E talvez essa sensibilidade tenha me levado a buscar respostas e sempre questionar o que encontrava, quando algo não tinha ressonância com o que vibrava no coração (ele é o verdadeiro "cérebro"!).

Espero poder ajudar da melhor forma possível, então vamos lá:

1) A quanto o tempo vc fez o salto ?
Ainda sou novata, rsrs, apenas 5 meses. Fiz em dezembro de 2012. Talvez por isso ainda não tenha muitas "novidades".


2) Como você se sente hoje ? Sente os "efeitos" do salto ainda ? De que forma ?
Olha, acho que ainda estou saindo daquela fase do efeito rebote: é normal ficar um pouco triste, porque afinal todo aquele sistema de crenças se desfaz, e no início, como fomos acostumados a "pedir colo" quando nos machucávamos (e descobrimos que não tem mais "papai do céu" pra dar colo), a gente fica meio desnorteada, tipo "putz, e agora, rezo pra quem?" (rsrsrsrsrs)

Anônimo disse...

Parte 2:

Também a constatação da tremenda "sacanagem" que fizeram (e ainda fazem) conosco, dá uma certa revolta, e no início vc fica meio sem conseguir se encaixar na matrix (apesar de que a gente já se sente deslocada bem antes do salto, e esse é um dos sintomas de que estamos despertando). Mas tudo isso passa, é como se vc tivesse vivido anos num presídio mas vendado (obs.:nunca fui presa - só na Terra, o planeta prisão,kkkk), e de repente tiram a venda, e vc passa a enxergar de verdade toda a estrutura do presídio, como a coisa toda funciona, etc. No começo vc fica meio chocado, meio perdido, mas depois se aprende aos poucos como sobreviver ali, como usar as regras do lugar a seu favor, como não cair no jogo de nervos que fazem, como não entrar em enrascadas, e por aí vai, acho que estou nessa transição. As coisas que antes me perturbavam, me tiravam o sono, me tiravam do meu equilíbrio, coisas do dia a dia mesmo, já não me atingem mais, me sinto muito mais presente em mim, mais consciente de tudo que acontece comigo, no externo e no interno. Pode-se chamar de uma profunda lucidez. E mesmo com toda a turbulência das descobertas, essa sensação de saber o que realmente se passa, o que está por trás de tudo, o fato de vc poder realmente conduzir a si própria e decidir o que te afeta, isso é maravilhoso, e sei que com o tempo tudo vai se alinhando (já está), determinadas situações e pessoas importantes para meu desenvolvimento estão "cruzando" meu caminho das formas mais surpreendentes.

3) Existe algum lado seu que se arrepende de ter feito o salto ?
Não mesmo! Como eu poderia me arrepender de ter contato com minha verdade mais autêntica, minha real identidade, meu único conselheiro realmente sincero? =)


4) Desenvolveu alguma paranormalidade ?
Não como eu esperava, kkkkkk! Acho que isso depende em parte da tua raça de origem e em graaaaannnnde parte da tua dedicação ao processo (o desbloqueio dos chacras é só o início, é só o destrancar da porta; depois vc é quem precisa escancará-la de vez e começar a faxina do quarto). Como ainda estou recente no processo, e ainda preciso produzir para a matrix e pagar as contas (rsrsrs), não tenho praticado regularmente a limpeza (no seminário o Bruno te diz os implantes principais a remover, mas a medida em que vc vai praticando e limpando, vai ver que há muito mais implantes e imprints ( é claro, varia de caso para caso). O legal é que a cada limpeza vc sente que a conversa com a supra vai ficando mais rica e nítida, mas é um trabalho constante. O que percebi nesse pouco tempo foi um aumento do poder intuitivo, nada muito incrível, mas nitidamente maior, já tem me ajudado muito no dia a dia, é como se tivesse aquele amigão o tempo todo te dando uns toques, tipo: "não vai por esse caminho, tem algum problema lá na frente", "ei, vc esqueceu isso", "não entra nesse negócio", "pode ir que tem vaga ali", etc. Também tenho conseguido "ler" as pessoas com mais facilidade (não chega a ser leitura de pensamentos, rsrs, mas em geral é como se conseguisse antecipar suas reações, ou às vezes suas respostas mesmo, não sei explicar bem).

Anônimo disse...

Parte 3:

A telecinese por enquanto só se manifesta mesmo com dissipação de nuvens, mas também nem tenho praticado (na volta do seminário, enquanto esperava conexão no aeroporto, tive uma confirmação maravilhosa, chegou fazer um "buraco" de céu azul exatamente onde foquei, enquanto tudo ao redor estava densamente nublado!). E o poder de criação realmente aumenta muuuito (tem que se ter mesmo cuidado com os pensamentos, kkkk).

5) Você se sentiu que a vida ficou mais clara pra vc ?
Ih, falei tanto nas respostas anteriores, que sem querer acho que acabei respondendo essa (é um defeito meu, não falar, mas escrever demais). Mas, reforçando: tudo ficou mais claro! No começo isso parece te deixar meio desalentada (porque a realidade definitivamente não é bela), mas depois essa consciência se torna tua força, pois se informação é poder, informação real é poder real.


6) Poderia nomear alguns pros e contras de se fazer o salto ?
Ah, os pros são todos os que podem decorrer de se tornar dona consciente de si mesma e de suas escolhas. ;) E a possibilidade de remover de verdade todas as sabotagens acumuladas ao longo das existências, além de resgatar suas memórias e trazer à vida atual todos os conhecimentos adquiridos, tornando-o mais apto a um progressivo desenvolvimento de potenciais, chegando até o que pode ser considerado um super-humano! ;) - mas pra isso tem que ralar muito, viu!
Olha, contras, depois de arrumar a bagunça inicial na tua vida, acho que não tem. Claro que isso também pode ser relativo no caso de pessoas que tenham um emocional mais frágil ou imaturo, pessoas com crenças muito arraigadas podem ficar mais abaladas, mas ainda assim acho que vale a pena, porque a gente deve pensar não só no agora, nesta vida, mas no que ganhamos de "créditos extras" nesse "curso" e que podem nos economizar muito no próximo (ou quem sabe nos graduar de vez); isso aqui é um piscar de olhos diante da imensidão de nossa existência real, e quem sabe se teremos outra chance dessas? Além disso, sua supraconsciência é vc mesmo em uma dimensão muito mais elevada e lhe conhece melhor do que ninguém (afinal é o você autêntico!). Ela só vai levar você até o nível de informação com o qual ela sabe que vc pode lidar, e com segurança. Se vc, em seu íntimo, sente que esse caminho é o que vai dar rumo ou pelo menos respostas à suas buscas, então não tenha receio (os sabotadores sempre tentam nos desviar usando os "medos").

Anônimo disse...

Parte 4:

Siga o que seu coração lhe diz lá no fundo, por baixo do barulho daquelas vozes que ficam te dizendo: "por que vai gastar dinheiro com isso?"; "isso é enrolada!"; "cuidado, esse pessoal é doido, vc pode enlouquecer também!"; "ah! isso dever ser uma nova seita", e por aí vai... essas vozes são da mente reativa (sua ou dos outros), a mente que tem medo de acender a luz do quarto e enxergar a sujeira. O que vc pensa realmente, a sua verdade, é aquela vozinha baixa mas constante que se ouve quando se silencia a mente.


Acrescentando:

Sempre tive sensibilidade em termos de detecção de energias em pessoas e ambientes, como disse antes (sei quando a pessoa ou o lugar está com "vibração" ruim, negativa, ou "carregada" como dizem), mas nunca fui (nem fiquei depois) "perturbada", rsrsrs... Sempre fui mais de sentir do que ver propriamente. Antes do salto, eu já havia tido experiências aleatórias de ver vultos, tanto escuros quanto claros, mas nada muito significativo. A única coisa nova foi que comecei a ver pontinhos ou pequenas esferas luminosas, em geral brancas e azuis, mas às vezes douradas, que desaparecem muito rapidamente antes que eu possa focá-las. Isso começou há pouco mais de um ano, acho, mas muito esporadicamente. Tornou-se muito frequente algumas semanas antes do seminário, e soube lá que era comum acontecer com os pré-iniciados. Inclusive vi essas luzes novamente lá, enquanto assistia à iniciação dos colegas, e elas me passaram um sensação de algo positivo, como se houvesse uma equipe de apoio auxiliando os trabalhos do Bruno. Posteriormente, ele confirmou que existe sim essa equipe (afinal, o desbloqueio é como uma cirurgia espiritual), e comentou comigo que era interessante o fato de eu ver pontos e esferas, em vez de "pessoas ou seres", uma vez que em última análise, a forma primordial dos espíritos/centelhas é de "consciências luminosas", portanto é como se o que eu visse fosse o aspecto mais autêntico, digamos, dessas inteligências. Ele me pareceu sincero nas explicações. Hoje, ainda vejo esporadicamente tais luzes. Olha, o ambiente do seminário é tranquilo, agradável, e energeticamente me pareceu neutro

Anônimo disse...

Parte 5:

(no sentido de equilibrado). Não há nada de demoníaco ou indícios de "possessão" no processo (rsrs). Mas vc deve imaginar que os escravizadores não ficam muito felizes com tantas liberações (sem falar no medo sabotador de nossa mente reativa, que tenta o tempo todo manter os muros que construiu), então é possível que alguma negatividade em algum momento possa surgir, porém ligada ao iniciando, como consequência de suas experiências passadas (ou atuais), e muitos sentem esse ambiente pesado durante a iniciação da pessoa em questão, sobretudo quando ela tem dificuldades em acessar suas memórias, mas isso é temporário e o Bruno, tendo apoio espiritual elevado, consegue contornar tranquilamente essas situações.

Com relação ao resgate das memórias, sim, eu me lembrei de minha origem, e posso te garantir que não foi invenção minha (não tinha como imaginar aquilo, não sou do tipo criativa, nunca fui de ver filmes de ficção científica, e se fosse fantasiar, certamente eu criaria um personagem totalmente diferente, mais "superfantástico", sabe, rsrsrs); também não há nenhuma manipulação do Bruno, o que ele faz é conduzi-lo, é mais como um roteiro de perguntas. Acontece que nossa mente reativa fica o tempo todo interferindo (a minha então...afff!) e vc tende a duvidar de si mesmo e mudar as respostas. Como o Bruno tem já vasta experiência acumulada (foram quase 600 iniciados) e conta com a "percepção" de sua própria supraconsciência, ele sabe quando a mente da pessoa está desviando-a da verdade (a tua mente sim, é que manipula), e aí ele interfere com perguntas que acabam desconstruindo a mentira.
Como sempre fui muito mental, analítica, muito de racionalizar tudo, minha mente foi muito "intrometida" durante o seminário (e ainda é, rsrsrs), e tive poucas (porém indubitáveis) informações que vieram como imagens, cenas rápidas. Predominaram as respostas na forma de "intuição", era como se me viesse a consciência da informação, muitas vezes antes mesmo do Bruno formular a pergunta. Isso me chamou muito a atenção, ele mal começava a falar e pow! - vinha a resposta. Eu tive até que esquecer a educação e responder já o cortando, pois percebi que se esperasse, a mente intervinha, duvidava e começava a "buscar" outra resposta, o que acabava me confundindo e atrapalhando, pois na sequência a informação da mente sempre era desbancada. Mas a forma de comunicação varia de pessoa pra pessoa e também dependendo do estado em que estão seus chacras. Alguns colegas tiveram a comunicação na forma de verdadeiros "filmes", com riqueza de detalhes (ai, que inveja! =P).

Você pode compreender melhor essa condução a partir do áudio de três iniciações, que foram disponibilizadas em um dos vários blogs que tem depoimentos de iniciados:
http://www.issoebizarro.com/blog/sobrenatural-misterios/salto-quantico-iniciacao-megapost-22/

Creio que já deve ter visto os sites parceiros (destaco o: fatorquantico.blogspot.com.br), além do específico do Salto (osaltociencia.blogspot.com.br), onde há vários depoimentos.
É FUNDAMENTAL que vc leia a apostila completa no site do Bruno, pois facilita a

Anônimo disse...

Parte 6:

interpretação das suas descobertas e faz com que o seminário flua melhor, já que o Bruno não perde precioso tempo explicando o que já foi explicado, e assim sobra mais tempo pra ele tirar dúvidas e se dedicar ao seu processo. E acredite, vc vai sentir falta desse tempo quando tiver que fazer a limpeza dos chacras sozinho em casa...
Caso decida fazer o seminário (e eu, sincera e espontaneamente, recomendo que o faça) aconselho que ligue para o Bruno em vez de mandar e-mail, pois a caixa de entrada do cara está sempre abarrotada (rsrsrs) e, conforme ele mesmo me disse depois de um mês de espera por resposta, "tem dado preferência aos que se dão ao trabalho de ligar", rsrsrs.

Bom, espero ter ajudado de alguma forma. Boa sorte e boas decisões para vc! Estou à disposição para o que for útil. Abraço, Andrea

Anônimo disse...

Por Marcus - Parte 1:

Prezado muito boa tarde, tudo bem?

Sim, com certeza. Meu depoimento ficará evidenciado a você e ao grupo que já participou da iniciação e as respectivas práticas de “O Salto”

Obtive a minha iniciação em Abril/2011 justamente no feriado do dia 21. Antes, eu tinha feito grande pesquisa a respeito do Bruno Guerreiro de Moraes, das suas potencialidades desenvolvidas, a pessoa que o iniciou e o trabalho em si que tem a proposta do despertar consciencional advindos de “outras vidas – caso aqui se você acredita” relacionados a “travas por processos experimentais na nossa dimensão” com o grande destaque (ou objetivo maior) em tornar você esse ser mais consciente de si, dos outros e do nosso planeta.

Eu resolvi investir na época a quantia aproximada de R$ 1.800,00 (hum mil e oitocentos reais) onde paguei à vista via PAGSEGURO sem questionar se existia ou não o tal “Bruno”. Confiava porque eu fui certificado de sua existência e da seriedade do respectivo trabalho com outras pessoas que vim a ter a referência (assim como você está fazendo agora).

Posso garantir essa sustentação de mudança e o despertar de algumas faculdades que existem sim. Na verdade, eu não fiz por causa do Bruno ou de ciclano ou de beltrano. O meu objetivo era a relação de minha vida com minhas dificuldades (momento presente) onde eu pudesse utilizar essas potencialidades reconhecidas e em possível despertar com a prática do “Salto” na minha vida, que elas pudessem me tornar um ser melhor.

Eu vinha de um histórico com mais de 15 anos em técnicas como Psicanálise, Psicologia, Terapias diversas em Regressão e Sintonização energética, etc...Não tinha conhecido ainda o poder da sintonia (iniciação) e a metodologia que nos ajudasse a reconhecer as “sujeiras” e como “apagá-las em definitivo”.

Na minha experiência Valdomiro Moraes, eu recomendo fazer esse curso caso:

1. Você seja uma pessoa em busca de resposta para a sua vida
2. Queira melhorar substancialmente sua vida em TODOS os aspectos
3. Reconhecer a sua individualidade como ser humano em busca do “despertar em si mesmo”
4. Ter a capacidade de influenciar através do pensamento a construção para uma vida melhor (a você e a quem os cerca)
5. Entender a importância de um Projeto de Vida (para que veio, o que está fazendo com a sua vida e o que as suas atitudes estão o levando para o caminho “certo” ou “turvo” nesse jogo consciencional)
6. Ter paciência, persistência e resiliência frente aos seus obstáculos a superar com um método prático e funcional (precisa exclusivamente de sua dedicação

Anônimo disse...

Parte 2:

7. Se um agente da mudança (somente você pode mudar a situação que se encontra e mais ninguém)
8. Entender o(s) motivo(s) de nossa “prisão terrena” e como se libertar da mesma

Agora, eu não recomendo você a fazer caso:

1. Seja por motivo de especulação
2. Zombar e ou discriminar o processo (não dos outros, mas de você mesmo)
3. Querer tirar “proveito” do ensinamento e transmiti-lo sem “ganho de causa”, ou seja, primeiro o resultado em você para depois incentivar o resultado em outros
4. Ter uma atitude “descrente” frente ao que você terá a oportunidade de conhecer sobre você mesmo e a possibilidade de utilizar a ferramenta para o autoconhecimento e desenvolvimento de outrem.

Em síntese, quero salientar que o trabalho É EXTREMAMENTE HONESTO, SINCERO E COM UMA PRECISÃO INCRÍVEL DE MELHORIA PESSOAL.

O que vai mudar em sua vida é o que passará a praticar após o desenvolvimento de sua pessoa.

Em nenhuma hipótese estou aqui para denegrir ou fazer do “Bruno Guerreiro de Moraes” um Deus ou algo do tipo. O que quero ajudá-lo é que com a minha experiência vivencial eu pude:

1. Desenvolver uma maior consciência em jogo das coisas do mundo (que envolve pessoas, objetos e situações diversas)
2. Saber que podemos sim controlar as coisas em nossa vida através de habilidades que serão despertadas (como exemplo a intuição, clarividência, premonição, etc)
3. Ter um objetivo claro e conciso de vida (onde posso dirigir minha vida da melhor forma possível)
4. Reconhecer que eu sou um ser com todas as potencialidades e queira seja lá o que for de “evolução” já cheguei o máximo grau nessa dimensão porque sou ser humano e agora preciso corrigir as imperfeições (através de imprints e ou implantes – algo que você reconhecerá no curso isso em você) para a atitude correta
5. E etc...

São inúmeros os benefícios que eu poderia escrever muitas coisas, porém, acredito isso já ser pertinente para que você possa aguardar as informações de outros participantes que passaram pelo processo de iniciação do “Salto” e assim poder coletar as melhores informações para a sua decisão.

Um grande abraço,

Atenciosamente

Anônimo disse...

Simone:

Queridos leitores,
venho por meio deste depoimento expor minha opinião sobre a experiência obtida através do processo "Salto Quântico", que me submeti, com o facilitador Bruno Guerrreiro de Morais.
Sempre busquei o auto conhecimento, tanto que, cursei faculdade de Psicologia, e mesmo após a conclusão do curso, minhas buscas continuaram, pois sentia e sabia que a vida não se limita apenas as percepcões dos nossos 5 sentidos.
Não vejo necessidade de discorrer sobre o conteúdo teórico do Salto, (pois, seria o mesmo que contar o final do filme aos que iram assistir, e nem expor minhas experiências pessoais, que só dizem respeito a minha pessoa, sendo que para cada um será de uma forma específica), mas sim, contribuir para informar aos que tem vontade de fazê-lo, porém, ainda estão em dúvida sobre os resultados que poderão obter. Compreendo perfeitamente, pois, já estive nesta posiçao de indecisao, e confesso que, levei anos para tomar a iniciativa de fazer.
Primeiro, por parecer ser um investimento consideravelmente alto para nossa realidade, e em segundo lugar, por pensar se realmente iria funcionar.
Bom meus queridos, digo com sinceridade, que só me arrependo de não ter feito antes, pois obtive resultados imediatos e surprendentes, que mudaram minha vida, minha percepção e minha energia.
Pode-se dizer que, é um processo que começa com o desbloqueio e nos leva a um despertar contínuo, como uma bola de neve, que vai rolando e aumentando em tamanho e força.
Esses resultados foram percebidos também por outros a meu redor, tanto que meus filhos querem e iram fazer o Salto Quântico no próximo mês.
Bom, penso que, se você chegou até esta página, não foi por acaso, algo superior dentro de vc o conduziu até aqui, e isso demonstra que vc está preparado e poderá também obter resultados surprendentes como eu e muitos outros que já fizeram.
Dê seu primeiro passo, em direçao a expanção de sua consciência, liberte-se da matrix, desperte desta vida semi consciênte e some-se a nós, pois quanto mais pessoas acordarem deste sono profundo, chegaremos a um número X considerável, na qual essa consciência será transferida automaticamente a toda humanidade, fenômeno chamado de
Ressonância Mórfica, termo usado por Rupert Sheldrake, para descrever o que ele pensa ser " a base da memória na natureza... a idéia de uma misteriosa forma de interconexões telepáticas entre organismos e memória coletiva dentro das espécies."